23 janeiro 2014

Resenha de Indiana

Oi Pessoas Lindas!!!!!

Hoje vamos conversar sobre Indiana da Editora Butterfly.


O livro conta a história de Natasha uma polonesa que cuida do pai doente juntamente com a mãe.

Natasha tem o sonho de se casar, mas adia principalmente para que a mãe não fique sozinha cuidando de tudo.

Após o falecimento do pai, ela programa o casamento com seu noivo, porém vem a guerra e ela é capturada pelos alemães e levada para o campo de concentração.

Lá ela passa fome, frio e é obrigada a trabalhar.

Um dia Natasha é levada com outros para uma fileira que ela tinha certeza ser fuzilamento, mas no ultimo minuto eles a tiram de lá e a levam para um quarto totalmente fechado.

Nesse quarto ela é abusada por um Oficial Alemão até ficar gravida.

Natasha sofre muito e rejeita a criança com todas as forças, depois que ela tem o bebê o alemão leva a criança com ele e a "solta".

Perdida na estrada ela é ajudada por um oficial britânico e um senhor indiano que esta a procura da filha.

Dahlin ajuda muito Natasha e acaba a levando para casa sua esposa Shinara a trata como filha, lá ela aprende o idioma, os costumes e se torna como filha para casal.

A partir dai começa a ser chamada de Indiana.

"Gente de verdade convido a todos vocês a lerem a história da Natasha que é de total superação.
Como apagar todas as cicatrizes que o holocausto deixou  em uma mulher.
É bem difícil falar de um livro que marcou muito minha vida, realmente amei a leitura e tenho que dizer que foi o primeiro livro que li que tinha como enredo a segunda guerra mundial e com certeza vou procurar mais sobre o assunto.
Leiam o livro e se apaixonem pela história da INDIANA"

Falando sobre a capa.

Na minha opinião a capa é linda fico maravilhada, principalmente porque eu amo coisas Indianas e tenho que dizer que não é só capa que fascina não a diagramação é fantástica todos os detalhes do livro são realmente incríveis.

Beijos a todos e até mais.   

   

25 comentários:

  1. Nossa, parece uma história super bonita de superação e de segundas chances! Gosto de ler sobre personagens que, apesar de tanta tragédia, são fortes o suficiente para buscar uma vida melhor, para tentar curar as feridas.
    Acho que vou gostar do livro.
    bjs

    ResponderExcluir
  2. No começo do livro tava pensando aonde se encaixava o título da história em uma menina polonesa violentada por um alemão na segunda guerra mundial. Me lembra um pouco o livro Cidade do Sol e o sofrimento das mulheres no Afeganistão com a chegada do Talibã. Interessante.

    ResponderExcluir
  3. A história realmente parece ser muito interessante, e fiquei muito curiosa, mas não sei se vou ler.
    Vou dá mais uma pesquisada sobre o livro quem sabe, me interesso mais né. Valeu pela dica.
    Abraços
    Viviane Martins
    vivis_martins1@hotmail.com

    ResponderExcluir
  4. Parece ser um ótimo livro! Assim como vc tbm amo a cultura indiana, e adorei a capa! Não é o tipo de história que gosto, mas vou tentar arriscar!
    Beijo!
    http://booksmanybooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Gosto muito de histórias que falam sobre a Segunda Guerra Mundial. Pelo jeito, Indiana é um livro marcante e gosto muito de enredos assim. Adoro quando leio algo e consigo tirar lições bonitas e que são importantes para vida; pelo visto isto ocorre com este livro e estou muito tentada a adquirir.

    ResponderExcluir
  6. Adoro estórias que tenham como cenário a segunda guerra e o nazismo...
    Muitas informações nesta resenha: sequestro, abuso, gravidez... fiquei louca pra ler...
    Parabéns pela resenha... ficou ótima!
    Bjs

    ResponderExcluir
  7. A capa me lembrou Juliana Paes em Caminho das Índias. mas a história não me interessou muito!

    ResponderExcluir
  8. Gostei do enredo! É sempre bom ler uma estória fictícia que conta com algum fato histórico que realmente aconteceu, como o holocausto e esta parece ser uma estória realmente emocionante !
    beijos ♥
    quemprecisadetvparaverbeyonce.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Amo livros que usam acontecimentos históricos como pano de fundo...
    O enredo de Indiana parece ser
    comovente. Uma linda estória de
    superação!!!
    Vou procurar mais a respeito deste
    livro, com certeza!!!
    Bjs

    ResponderExcluir
  10. Gostei da resenha e me interessei muito pelo livro. Mais um para entrar na lista.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  11. Esse livro não me conquistou em nada. Desde a capa que eu, ao contrario de você, achei péssima, até o enredo do livro. Esse, com certeza, não entra para a minha lista de livros.

    ResponderExcluir
  12. Nossa, adorei a sua resenha. Julgando só pela capa eu nunca imaginaria que fosse um livro com uma temática tão forte e sempre fico receosa de ler livros nos quais a protagonista sofre algum tipo de abuso pois eu tenho muita empatia pela dor dos outros e as vezes leituras mais fortes acabam me deixando meio mal, mas vou adicionar Indiana a minha lista de desejados e espero gostar dessa história de superação tanto quanto vc gostou Drika.

    ResponderExcluir
  13. Nunca tinha ouvido falar desse livro.
    A história dece ser bem triste. Não gosto muito de livros com esse tema. Mas gostei da sua resenha.
    Beijinhos

    http://www.eraumavezolivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Também estou lendo um livro com o cenário da Segunda Guerra e não posso negar que acabam se tornando minhas histórias favoritas. A capa me lembrou aquela novela da Globo, mas adorei o enredo. Vou adicionar aos meus desejados!

    ResponderExcluir
  15. Nunca tinha ouvido falar desse livro.
    Mas achei a premissa bcana, só não gostei muito da capa pq me lembrou a novela Caminho das Índias, acho até que a imagem foi tirada de lá!

    ResponderExcluir
  16. Olá Drika, tudo bem??
    Realmente demais poder conhecer este livro...E fiquei chocada com sua resenha pelo drama da historia, um livro com um tema super pesado mas real.E sempre bom poder ler historias assim para aprender e tirarmos lições de vida. Com certeza vou querer conferir este livro. Amei sua resenha e esta historia deveria ser mais compartilhada.

    ResponderExcluir
  17. Não conhecia este livro. A capa é bonita mesmo. Eu sempre que posso ler algo relacionado a Guerra eu o faço, apesar de sempre histórias tristes, ao mesmo tempo são de superação. A Natasha parece uma personagem muito interessante.
    Beijos

    ResponderExcluir
  18. Deve ser mesmo uma história emocionante, forte e chocante.
    Estou lendo O Caçador de Pipas e amando. Fez eu querer estudar mais sobre os conflitos no Afeganistão e tals.
    Gosto de histórias sobre a segunda Guerra, então este livro já e chamou a atenção por isso.

    ResponderExcluir
  19. Esse sim parece ser o tipo de livro que eu gosto.
    Historias de superação. Acho que esse eu posso gostar.
    Bjs

    ResponderExcluir
  20. Nossa, eu não achava que esse livro poderia ser tudo isso que você falou :o
    Quando eu vi a sinopse dele até me chamou atenção, mas não a ponto de querer me fazer ler desesperadamente rs'
    Mas lendo a resenha agora já fiquei mais curiosa, parece ser um bom livro!
    Bjs

    ResponderExcluir
  21. É a primeira vez que vejo esse livro, e ele me parece ser muito bom, fiquei super interessada em conhecer melhor a historia da Natasha, pois a vida dela com toda certeza foi difícil.
    Beijos!!!

    ResponderExcluir
  22. O livro não faz meu estilo =( Não curto esses gêneros e a editora, então..
    Mas para quem gosta, pode ser interessante.

    ResponderExcluir
  23. Nossa, que lindo! Deve ser uma ótima história. Gosto de história de superação, até quando são de"mentirinha", como em Belle. Vou procurá-lo aqui. :)

    ResponderExcluir
  24. Não conhecia esse livro, preciso dar uma olhada no catalogo da Butterfly com mais cuidado. Parece ser uma história bem interessante.

    Bjks

    Patty Santos - Blog Coração de Tinta
    http://www.coracaodetinta.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  25. Eu também gostei muito desse livro, eu li e fiquei maravilhada.
    Achei a protagonista super forte e me encantei!
    Também fiz resenha dele lá no meu blog.

    Otima leitura!
    Beijos,
    soueupri.blogspot.com.br

    ResponderExcluir