19 setembro 2013

Resenha de Os Guadis e Novo Parceiro

Oi Pessoal!

Mais uma vez é com muito alegria que venho contar a vocês sobre mais um autor parceiro e fazer a resenha do seu incrível livro.

Vamos conhecer o autor! 


É professor efetivo de Língua Inglesa pela Secretaria Estadual de Educação de São Paulo. Formado em Letras pela Faceres (São José do Rio Preto) e em Teologia pela SBE (Araçatuba), busca sempre harmonizar seus conhecimentos adquiridos na realização de seu principal sonho: escrever livros. Procura utilizar, de forma consciente, todos os recursos literários aprendidos na formação superior em seus textos, sem deixar de aplicar altas doses de criatividade. Acredita que a Literatura pode transformar a mente e que a vida sem a ficção não passaria de uma luta fria pela sobrevivência.

 Vamos a resenha


Os Guadis conta a História de uma raça antiga bem antes mesmo dos índios, mas foca em quatro amigos de infância Keni, Agor, Toteni e a linda Menai.

Eles tem como divindade Guadau e são proibidos de portar armas, pois os sacerdotes dizem que o Deus deles não se agrada com a violência e somente os caçadores podem usar armas na hora da caça e guarda -las quando voltam.

Mas há uma invasão na aldeia e Agor acaba morrendo por ser o filho do chefe da tribo.

Keni mesmo abalado acaba fugindo, apesar de querer morrer também, pois tinha perdido a mãe e o melhor amigo que considerava um irmão e ainda não tinha conseguido achar os outros amigos.

Ele vagou pela floresta por bastante tempo, até que quase sem força é encontrado por Menai que carregava Toteni ferido.

Depois que Menai cuidou de Toteni eles se afastam, mais ainda da aldeia e começaram uma nova aventura.



Quote:Nenhuma mudança realmente ocorre sem que as bases do passado entrem em colapso. Toda transformação requer a destruição dos moldes anteriores. Muitas experiencias permanecem dentro de nós, contudo nenhum inicio é completo se deixarmos antigos fundamentos intactos. Pag. 118


" Gente que livro.
Amei a história minha imaginação voou para aquela floresta e como foi difícil me tirar de lá kkkkkkkkk.
Quando acabou o livro fiquei com vontade de virar paginas imaginarias para saber o que acontecia depois, agora mais uma vez vou eu ficar esperando a continuação (Dai -me paciência para esperar)
Tenho que comentar sobre as ilustrações que são maravilhosas e varias vezes me peguei maravilhada com os desenhos do ilustrador Jota Novais.
Bem, espero que gostem da resenha.
Beijos e até mais."


Um comentário:

  1. Oi Drika,

    Adorei a dica! Mas ai.. nada mais chato do que esperar a continuação, não é verdade?!

    Beijoss


    http://preferiaestarlendo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir